7 de dezembro de 2011

Sabes, hoje numa das horas tive uma palestra com um escritor. E oh, ele iniciou o discurso lançando aquela pergunta, sim mesmo essa que tu estás a pensar: há aqui alguém que goste de escrever ou queira ser escritor? E sabes, eu não disse nada e sorri mas houve quem apontasse para mim..e olha os olhos do senhor fixaram-se nos meus e eu sei que ele sentiu que eu estava com medo. Perguntou-me apenas o nome, e disse: queria mesmo? E eu só me limitei a sorrir e a dizer baixinho gostava.  Mas sorri ainda mais quando o ouvi dizer "Olhe quem sabe algum dia não terei eu o prazer de ler alguma coisa vinda de si menina." E piscou-me o olho,oh o senhor encantou-me tanto. Disse que só conseguia escrever no telemóvel, sabes porque? Porque no caderno, primeiro que o abra e vá buscar a caneta as palavras voam; e que não gosta do computador porque primeiro que ele ligue, lá se vão as palavras também. E que por isso prefere o telemóvel, que como ele diz, está sempre no bolso direito das calças. Disse também, que quando inicia um livro e uma história não sabe nem lhe interessa saber o desenrolar da mesma, onde ela provavelmente termina ou quem são as personagens que lá chegam. Disse que a historia desenrola nos nossos dedos, que as personagens criam-se no nosso coração e que os acontecimentos sucedem tão naturalmente que nós nem damos por isso. E que quando chega ao fim ele pensa «bolas, e não é que deu tudo certo?». E olha, disse também aquilo que eu, tu e toda a gente sabe; que quando se escreve as palavras ganham sempre o nosso toque, um pedaço de nós e que por isso já são nossas. Não há ninguém que consiga escrever, sem deixar um rasto de si no papel ou seja lá onde for, e que é assim que as pessoas se identificam umas com as outras. São as pequenas características, os traços, as feições, as historias que se descrevem e acabam por tocar em todas as pessoas. Ou corações. Primeiro no de quem as escreve, e segundo no de quem as lê. E sabes, ele tem dúvidas que seja ele mesmo a escrever o que escreve, e é engraçado ouvir isto vindo de um escritor, não é? É que diz que quando escreve, não sabe o que escreve e que por isso é que é tão fácil escrever. E oh foi esta a frase que mais me marcou naquela hora e meia, sabes? Foi isso, e  foi sentir os olhos castanhos mel a focarem em mim, como se eu fosse palavras, e ele  fosse vontade de escrever.

54 comentários:

  1. de facto escreves muito bem... quem sabe algum dia este teu dom seja reconhecido. quem sabe :)

    ResponderEliminar
  2. eu serei das primeiras pessoas a comprar o teu livro, caso escrevas algum, acredita! adoro as tuas palavras! :')

    ResponderEliminar
  3. espero que um dia possa vir a ler algo teu pequena claire <3

    ResponderEliminar
  4. :) um bocadinho... eu começo-me a cansar do livro principalmente quando a história enrola muito :)

    ResponderEliminar
  5. hmm:D se tu dizes que é interessante ... vou pensar então :) obrigada princesa.

    ResponderEliminar
  6. tenho tantos apertos no meu interior.. e tem força para poderes realizar esse teu desejo <3

    ResponderEliminar
  7. impossível? nada é impossível.
    oh, que querida. ainda bem que gostas :')

    ResponderEliminar
  8. identifiquei-me tanto, já me aconteceu algo muito parecido e oh, doce bea, a ultima frase ficou linda

    ResponderEliminar
  9. sem palavras fico eu assim que entro neste cantinho:)

    ResponderEliminar
  10. adorei, se é isso que queres segue isso *

    ResponderEliminar
  11. é isso sim pequena, não sei porquê mas os meus seguidores deixaram de me dar aquele calor que sempre me davam e então deixei de vir cá. isto tornou-se tão frio que me dói.

    ResponderEliminar
  12. sou como tu: sem palavras não sou nada.

    ResponderEliminar
  13. Não existem impossíveis, e se a tua forma de mostrar sentidos é através da escrita saberás que o caminho pode ser por escreveres um livro, um capitulo seja o que for desde que realizes primeiramente. Acredito que as coisas feitas com amor, com vontade serão muito mais propicias serem lidas, a serem sentidas e isso fazes tu bastante bem. Luta por os teus sonhos e gostei mesmo deste teu texto de hoje só mostra que os outros vêem em ti qualidades de escrita. Parabéns, beijo :)*

    ResponderEliminar
  14. está amazing! adoro o teu blog

    ResponderEliminar
  15. de nada :p
    sou assim, como diz no texto, mas nem todas as pessoas pensam como tu, isto é mau para alguns , mas é assim a vida. Há gente para tudo !

    ResponderEliminar
  16. obrigada anónimo,sejas lá tu quem fores.
    um beijinho:)

    ResponderEliminar
  17. Adoro querida. E olha, espero um dia ler o teu livro (:

    ResponderEliminar
  18. Que o futuro te traga bons momentos, melhores ainda que este!

    ResponderEliminar
  19. já reparas-te se me segues, é que como ando sempre a mudar de url pode ser disso :'o

    ResponderEliminar
  20. E olha, aposto que ias ter muito sucesso <3

    ResponderEliminar
  21. Só é impossível se acreditares nisso princesa. Tu escreves lindamente <3

    ResponderEliminar
  22. Não tens nada que agradecer querida <3

    ResponderEliminar
  23. Já agora, qual foi o escritor?

    ResponderEliminar
  24. olha, não te esqueças que eu vou lá estar para receber algo teu ortografado <3

    ResponderEliminar
  25. Não conhecia... Ainda ha pessoas que nos surpreendem, que bom, que bom

    ResponderEliminar
  26. Já vim ao de cima amor, obrigada! <3

    ResponderEliminar
  27. que bem, ele um dia vai gostar de ler algo feito por ti , c:

    ResponderEliminar
  28. Ele não deixa, diz amar-me demais para permitir isso..

    ResponderEliminar
  29. é, as tormentas acalmaram doce. e que bom é olha ter-te cá <3

    ResponderEliminar
  30. Se só assim conseguir ser feliz.. É verdade que eu era muito feliz com ele, mas ele mentiu-me muito.

    ResponderEliminar
  31. eu espero que ele venha rápido amor

    ResponderEliminar
  32. A escrita abre a porta da alma, e no teu caso, abres o meu coração com tuas palavras!

    ResponderEliminar
  33. uau, como está em palavras o que acabei de ler. maravilhoso. E aposto que ele teria amado ter até lido isto que aqui deixas te para nos. Deve ter sido uma óptima palestra e ele diz coisas fantasticas. Quem é esse escritor?

    ResponderEliminar
  34. está simplesmente lindo minha querida

    ResponderEliminar
  35. gostei muito do blog! sigo :)

    ResponderEliminar
  36. Adorei, óbvio que sigo :D
    Simples , mas fantástico :D
    Gostava muito que desses a tua opinião em relação ao meu http://voltar-ao-inicio.blogspot.com/ e se gostasses, seguisses, era óptimo :b
    Beijinhoooos :D

    ResponderEliminar
  37. oh, espero um dia, vir a ter um livro teu, na minha mesinha de cabeceira, pequena claire.

    ResponderEliminar
  38. obrigada por me teres avisado, de coração. sinceramente não sei como é que as pessoas são capazes de fazer coisas destas, não há mesmo respeito nenhum. já lhe enviei comentários para ela retirar - vamos ver. e mais uma vez, um enorme obrigada <3

    ResponderEliminar
  39. adorei mesmo, está mesmo lindo (:
    quem sabe se o teu dom não irá ser reconhecido?
    sigo*

    ResponderEliminar