3 de julho de 2012

Eu sei que tu ainda deslizas em mim, como a tinta de uma caneta numa folha, quando eu te decido falar sobre amor. Eu sei que tu ainda estás aqui, porque eu sinto-te em todos os minutos, todas as horas, e todos os segundos. Se não tivesses eu sentia que o amor que nos envolveu durante estes últimos anos, tinha voado. Mas não vou, está intocável ao nosso toque, ao tempo. E que seja sempre assim, mesmo quando a vida não quer, ou quando o destino não manda, que o seja sempre assim : intocável. Como uma flor durante a manhã, ou como uma borboleta ao entardecer. Que o nosso amor seja sempre intocável a tudo e a mais alguém, só porque pode e tem de ser assim. O que tem de ser tem muita força, nunca ouviste isso? Eu sempre o ouvi, e se nós, temos essa força, se sabemos lutar quando aparentemente tudo está perdido entre as nossas mãos, é porque tem de ser. Se sabemos seguir por um caminho, que é diferente de todos os outros, só porque sim, é porque tem de ser. Se continuamos ao lado um do outro, mesmo quando as palavras nos faltam, e os corações se evadem de silêncio, é porque tem de ser. Se não falhas uma madrugada, porque prometeste horas antes, e ainda assim vens contra tudo e contra o tempo, é porque tem de ser. Se ainda continuamos a nascer com o sol e a adormecer com as estrelas, abraçados como se não houvesse amanhã, é porque tem de ser.  Se a musica continua a ter o mesmo impacto em mim e nas palavras sempre que te escrevo, é porque tem de ser. Se continuamos aqui, se o nosso amor permanece entre nós e intocável é porque tem de ser. E lembra-te sempre baixinho: o que tem de ser tem muita força. 

18 comentários:

  1. Sempre textos escritos com uma ultra-dose de amor. Que doçura.

    ResponderEliminar
  2. "Que o nosso amor seja sempre intocável a tudo e a mais alguém, só porque pode e tem de ser assim. " - Lindo!

    ResponderEliminar
  3. E o que aconteceu aqui foi que as tuas palavras ficaram cheias de força.. Fantástico!

    ResponderEliminar
  4. sim é mesmo isso que penso querida.. hoje por exemplo tivemos um bom momento juntos.. e agora estamos muito bem. só gostava que isto durasse doce. porque não consigo deixar de o amar, e ele também me ama, mal, mas ama.
    oh querida, que se passou? se quiseres podes falar :)
    beijinhos*

    ResponderEliminar
  5. e é um amor muito grande.. adorei o blog! mesmo :)

    ResponderEliminar
  6. belo pedacinho de amor, claire. iluminas-me sempre.

    ResponderEliminar
  7. amor sempre presente em ti e neste teu espaço

    ResponderEliminar
  8. O curso está a correr muito bem, obrigada :)
    Adorei o texto!

    ResponderEliminar
  9. e estas palavras sao definitivamente apaixonadas, q ainda se derretem em ternura.

    ResponderEliminar