2 de novembro de 2012

alguém que não sou eu#5

Quando te olhas ao espelho e vês o reflexo daquilo que és e aquilo que gostavas de realmente ser, doí-te no peito. Eu sei, eu vejo-o quando te olho nos olhos e me falas com as lágrimas. Não tem de existir palavras quando um simples olhar consegue dizer muito mais que elas. Porque crias essa barreira entre ti, entre o que querias, e aquilo que tens, entre o possível e o irreal. Entre o sonho e a realidade. Imaginas-te com aquilo que a vida não te dá, em sonhos, e vives numa realidade que não existe nem poderá existir. Porque não dás um passo em frente para a tornar real, só por isso. Preferes fechar-te no quarto deitada na cama e imaginar como seria se.. em vez de ir ao encontro dessas aspirações. Realmente é mais fácil assim, mas pouco feliz. E se a vida te pede felicidade, se és tu própria a pedi-lo todos os dias, poque te escondes dela? Porque foges quando ela por sua vez vai ao teu encontro e decide envolver-te nos seus braços? Tu recusas porque já estás tão habituada a esse abismo que criaste entre o sonho e a realidade que tudo o que vivencias te parece fictício. Mas não o é, desde que sejas tu a torna-lo real. E eu digo-te aqui, que estou prestes a bater-te à porta, que te vou salvar daquilo que julgas não ter salvação. Que te vou puxar para este lado de cá, e por a tua cabeça do lado da vida - daquela que te tem estado a passar ao lado. Vou mostrar-te o quão bom é lutar por aquilo que queremos e mostrarmos aquilo que temos às pessoas que um dia disseram que nada teríamos. Só com um sorriso nos lábios e um sentimento de felicidade plena entre o coração. Quero que vejas a vida a cores e não a preto e branco como a tens pintado nos teus últimos anos. E vais ver que é assim que vale a pena; que se nos dão uma caneta e uma folha é para a preenchermos, e que se nos dão a oportunidade de viver, só temos de fazer mesmo isso. Viver. 
Clara.

20 comentários:

  1. olha, foste o sorriso do dia. pelas tuas palavras no meu cantinho e por estas palavras daqui. tens sempre um suspiro de amor e de tranquilidade aqui. adoro.

    ResponderEliminar
  2. palavras cheias de alma e coração, palavras que me deixam a mim sem nada para dizer. claire, clara

    ResponderEliminar
  3. obrigada, docinho.
    este textinho está tão lindo. parece que me deu mais força!:)

    ResponderEliminar
  4. obrigada, docinho.
    este textinho está lindo, até me deu mais força!:)

    ResponderEliminar
  5. tens a capacidade de me prender desde o início ao fim do texto e olha que são poucos os que conseguem fazê-lo :)

    ResponderEliminar
  6. muito obrigada, querida!
    sabes, gostei muito disto.

    ResponderEliminar
  7. oh, obrigada. também adorei o teu, estou sempre a visitar-te :)

    ResponderEliminar
  8. que lufada de ar fresco! adorei, está perfeito

    ResponderEliminar
  9. deixa rolar....pode nao dar certo, pode dar
    deixa fluir

    ResponderEliminar