17 de novembro de 2012

Vou continuar a querer o nosso T0 com vista para o Rio Tejo. Num pequeno espaço em que caibamos os dois e mesmo assim ainda falte espaço para o nosso amor crescer. Vou continuar a querer que acordes ao meu lado todas as manhãs e me peças para te fazer waffles com gelado de frutos vermelhos para o nosso pequeno almoço. Vou continuar a querer que me ensines a cozinhar e a temperar da melhor forma a receita do nosso amor. Vou continuar a querer sair de casa contigo de mão dada ao fim-de-semana para pudermos passear pelas ruas de Lisboa, sem que tenhamos que levar com olhares e comentários de quem nos conhece. Vou continuar a dar-te beijinhos nas bochechas no meio da rua, e a fotografar cada sorriso teu. Vou querer que me dês a mão em frente a toda a gente e me digas que esperaste toda a tua vida por estes momentos. Vou continuar a querer que cheguemos a casa, após mais um dia de aulas ou trabalho, e vá tomar banho e tenha de te gritar para me trazeres a toalha, porque como sempre me esqueci. Vou continuar a querer ver-te de pijama sentado no sofá a tocar na tua guitarra enquanto preparo qualquer coisa para o jantar. Vou continuar a querer que me fales pelas letras das tuas músicas e pelos acordes do teu coração. Vou continuar a querer acordar de madrugada só para notar que tu estás ali, deitado ao meu lado, agarrado á minha cintura. Vou continuar a querer acordar-te com um ataque de cocegas e só depois de te ver sorrir um beijinho de bom dia. Vou querer sempre que a Chasing Cars toque durante as manhãs de sábado enquanto eu te escrevo e tu compões poesia. Vou querer sempre as conversas antes de adormecermos, em que estamos em Itália na ponte Milvio e nos lembramos de como tudo começou com um cadeado numa ponte e uma chave deitada ao rio. Vou querer ter sempre o nosso inicio por perto; olhar para a parede onde escreveste eu e tu três metros acima do céu com o coração cheio de amor e lembrar-me de como somos únicos por voarmos neste céu. 

28 comentários:

  1. que lindooo. apaixonei-me pelo texto :)

    ResponderEliminar
  2. simplesmente maravilhoso, que amor, que amor bonito de se ler*

    ResponderEliminar
  3. porque sei tão bem como tu o quanto o amor consegue ser, lindo apetece-me apertar-te as bochechas e dizer que tens um coração lindinho. por isso, sente as minhas mãos nas tuas bochechinhas e grava na tua cabeça: és lindinha.

    ResponderEliminar
  4. Que doce princesa, então espero que passes muitas vezes :)

    ResponderEliminar
  5. espero voltar doce, estou cheia de esperança no meu coraçãozinho frágil. espero não me enganar, espero que estes dias voltem, estou cheia de saudades deles, são a minha felicidade*

    ResponderEliminar
  6. Está maravilhoso como sempre

    ResponderEliminar
  7. meu deus, que lindo! "Vou continuar a querer que me ensines a cozinhar e a temperar da melhor forma a receita do nosso amor." e que amor lindo o vosso claire **

    ResponderEliminar
  8. apaixonante e cheio de amor, oh, como a tua escrita faz bem ao coração.

    ResponderEliminar
  9. perco-me sempre que os olho..

    maravilhoso, como sempre

    ResponderEliminar
  10. Creio que sim, obrigada pequena, tu também <3

    ResponderEliminar
  11. não queria mandar vir, era para tirar ideias :) e muito obrigada princesa :)

    ResponderEliminar
  12. eu juro que isto me comoveu. adorei. e que tudo isso se concretize.

    ResponderEliminar
  13. Uau, não sei o porquê mas hoje este teu texto fez-me pensar, pensar e sentir bastante. Lindo ler um amor assim, um amor que todos queremos viver. Soube tão bem aqui passar.

    Um Beijinho :)*

    ResponderEliminar
  14. Isto é tão bonito, tu tens um dom :)

    ResponderEliminar
  15. nunca pares de escrever. todos nós precisamos da tu escrita para sorrirmos e começarmos ou acabarmos o dia felizes por sabermos que também tu estás feliz. obrigada querida claire

    ResponderEliminar
  16. fantástica é a tua escrita, acredita

    ResponderEliminar
  17. Foram só palavras sinceras , nada mais do que isso.

    ResponderEliminar