10 de novembro de 2013

custa tanto, meu amor

Os dias bons deram lugar aos dias maus. Os sorrisos deram lugar ás lágrimas a cair sob o meu rosto. A confiança deu lugar à desconfiança. A paciência deu lugar à falta de tempo. O quadro de flores em que nos pintavam todos os dias deu lugar a um barco naufragado em pleno oceano. O amor deu lugar... Nem sei no quê. Custa ver que nos transformamos tanto, num tão curto espaço de tempo. Doí saber que já não há sorrisos todas as manhãs, ou ações pensadas com carinho e paixão em função um do outro. E pensar que já tivemos tão ancorados um no outro, tão próximos que parecíamos ser só um.. E pensar que já fomos tanto, que podíamos ser tanto, e agora estamos assim.. E o que doí mesmo, é imaginar aquilo que não se realizou, não se disse e ficou por escrever. É lembrar-me que a felicidade esteve tão bem nas palmas da minha mão e eu não consegui uni-la à tua. É lembrar-me que a música ainda toca como pano de fundo da nossa história, no entanto, sem encanto ou paixão. Já não há risos nas manhãs e choros de felicidade com o cair da noite. Porque a distância tomou conta de nós; tomou conta de dois caminhos que em tempos juraram não se separar. E agora? Estão no seu estado mais paralelo. Custa olhar para ti e ver que há lágrimas que querem sair, por minha causa ou pela falta dela. Custa ver que escorregamos tanto no amor. E custa muito, mais do que aquilo que sempre pensei que pudesse custar. Porque em nós, nunca ninguém soube tudo. Nunca. E isso será uma história que ficará para contar, meu amor. 

12 comentários:

  1. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

    ResponderEliminar
  2. o teu blog é dos melhores para se ler <3

    ResponderEliminar
  3. Que bonito, querida. Espero que as coisas fiquem bem!

    ResponderEliminar
  4. obrigada fofinha. Muitos muitos muitos beijinhos!;))

    ResponderEliminar
  5. Estou no 2º ano de Ciências Farmacêuticas :) Vai correndo, estou numa fase muito díficil, mas há-de tudo acabar bem. Muito obrigada, querida! E que texto lindo que tu aqui tens, nunca desistas*

    ResponderEliminar
  6. muito obrigada minha querida. acredita que és das melhores pessoas que se mantém por cá*

    ResponderEliminar
  7. "Porque em nós, nunca ninguém soube tudo."Fantástico, fantástico, fantástico....

    **

    ResponderEliminar
  8. "Custa ver que escorregamos tanto no amor. E custa muito, mais do que aquilo que sempre pensei que pudesse custar." oh doce claire, e custou-me tanto ler estas tuas magoas escritas. o amor tem essas duas faces, e nós, nós que sempre desejámos ver apenas a melhor delas. mas nada acaba aqui, o que se transforma em mau também se pode transformar em bom. e essa história de que falas pode não acabar aqui, dá tempo para que essas linhas de quem falas se cruzem de novo, para o que amor floresça outra vez. porque a primavera vem sempre a seguir ao inverno. um beijinho grande de força e de amor

    ResponderEliminar
  9. Como se chama mesmo esta música? Adoro-a.

    ResponderEliminar
  10. Espero que as coisas tenham melhorado e se não espero que tenhas força para enfrentar tudo

    ResponderEliminar
  11. tens de ter força querida, vais ver que com o tempo as coisas melhoram

    ResponderEliminar