23 de outubro de 2011

Vem sentar-te aqui comigo no parapeito da minha janela neste inicio de manhã. Vem e trás flores contigo. Enche-me a vida cheia delas, que eu trato de encher o teu coração cheio de amor. A mim tanto me dá que sejam grandes ou pequenas. Até podem ser daquelas brancas pequeninas que apanhas no teu jardim, que essas sei que ficam bem no meu tom de cabelo. As pétalas até podem parecer já estar a murchar, mas queres saber um segredo bem cheinho? Desde que sejam tuas está tudo bem para mim. Oh amor, vem. 

16 comentários:

  1. é um pedido tão simples, e tão ansiado ;) lindo!

    ResponderEliminar
  2. é capaz, então eu vou ter teste de português amanhã e estava a estudar por aquele livro de exames, e isto estava lá! até me dá gosto estudar fernando pessoa ;)
    vou-te seguir!

    ResponderEliminar
  3. coisa tão bonita, que pedido tão reconfortante e desejos tão doces. ele vai te levar as tais flores, é só esperar. porque como tu disseste, o amor é lindo!

    ResponderEliminar
  4. tu escreves tão bem fofinha *.*

    ResponderEliminar
  5. o segredo é mesmo cheinho * <3

    ResponderEliminar
  6. e tu és tão meiga, tão docinha. e vir aqui é como...um chocolate quente num dia de inverno.

    ResponderEliminar
  7. olha amor, o plágio dá-me doença. é isso amor, <3

    ResponderEliminar
  8. ai bea linda, mas dói sabes e eu sei que sabes, doce <3

    ResponderEliminar
  9. está tão tão linda. escreves que é uma coisas fantastica

    ResponderEliminar
  10. sempre tão doces estes textos beatriz *-*

    ResponderEliminar
  11. muito obrigada linha :D
    beijinhos, beijinhos*

    ResponderEliminar