22 de outubro de 2011

O frio parece que está a chegar, já viste? E que saudades que eu já tinha dele. Ele está a vir aos poucos, com medo que as pessoas se surpreendam demais. E oh, tu sabes tão bem que estes são os meus dias preferidos, não sabes? São os de Outono amor. É chegar ao jardim das flores e ter um caminho cheio de folhas no chão para percorrer, como se fosse um grande tapete daqueles como eu tenho cá em casa. É abrir o armário e encher-me de camisolões, cachecóis e gorros. É acordar num fim de semana e ouvir a chuva a bater na janela. É passar uma tarde de Domingo a fazer recortes em frente à lareira. É passear pela Baixa cá em Lisboa, numa daquelas noites em que o vento sopra demasiado. É sair à rua e arrepiar-me porque o frio me entra pelo coração a dentro. É dirigir-me ao café e beber um daqueles bem quentes que são capazes de nos aquecer em meros segundos. É olhar para as pessoas e ver como elas são bonitas, assim atarefadas. E oh, são os beijos à chuva, os abraços ao frio, as brincadeiras de apaixonados partilhadas no meio da rua. O outono é isto, um grande vai e vem de sensações quentes e grandes calafrios. É ter-te a ti enrolado no sofá, no final dos dias, de lareira acesa a ler-me poesia. E sabes como eu gosto tanto disto, quase tanto como gosto de ti a falares italiano.

24 comentários:

  1. Ai que doce frescura <3 e ohh *.* "E sabes como eu gosto tanto disto, quase tanto como gosto de ti a falares italiano."

    ResponderEliminar
  2. Também fiquei encantada assim que a vi *.*

    ResponderEliminar
  3. e ainda bem que veio o frio e ainda vem que temos textos frescos como os teus <3

    ResponderEliminar
  4. Espero bem que sim, que realmente tenha frutos. :)
    está tão bonito o teu texto ... :)

    ResponderEliminar
  5. adoro muito! e olha, realmente a imagem do meu post tem um dom especial, por isso usa-a. ela ficará lindamente aqui!

    ResponderEliminar
  6. deslumbrante é a tua escrita beatriz:)

    ResponderEliminar
  7. obrigada :) estás certíssima..

    ResponderEliminar
  8. odeio mentiras, magoam-me imenso... creio que não é só a mim. ele não me podia ter feito isto.

    ResponderEliminar
  9. o calor desgasta-me. Obrigada, meu doce!

    ResponderEliminar
  10. saber ouvir também é um dom, e vou pô-lo em prática caso ele o queira. o problema é se ele não quer, mas com isso lido depois. agora apenas tenho de ter calma e tentar erguer-me..

    ResponderEliminar
  11. eu diria, tu escreves lindamente e, oh, obrigada:)

    ResponderEliminar
  12. este texto é o maior amor. podia lê-lo vezes sem conta. e como eu gosto do frio, do Outono, e do amor.

    ResponderEliminar
  13. muito belo aqui, e este texto está ainda mais.

    um cheiro

    ResponderEliminar
  14. muito obrigada, beatriz, mas não são nada comparados com os teus textos. são lindos e puros e eu também gosto do frio. se gosto!

    ResponderEliminar