31 de janeiro de 2012

Às vezes eu pergunto-me o que seria de mim se não fosse só tua..o que seria de mim se não desenhasse a palavra amor nas paredes do teu coração..ou se não fosse eu a caber na palma da tua mão. Gosto muito de ti, tanto como se gosta de uma flor.

15 comentários:

  1. doçura, claire, como sempre.

    ResponderEliminar
  2. está lindo lindo claire!
    gostei muito da música, podes-me dizer como se chama?

    ResponderEliminar
  3. "ou se não fosse eu a caber na palma da tua mão." oh oh oh que doce que doce!!

    ResponderEliminar
  4. obrigada, claire. o mesmo te digo <3

    ResponderEliminar
  5. "o que seria de mim se não desenhasse a palavra amor nas paredes do teu coração..ou se não fosse eu a caber na palma da tua mão" amo<3

    ResponderEliminar
  6. claire, meu amor! as saudades que eu tinha das tuas pequenas palavras amorosas. é que às vezes quase nem dizes nada mas o que dizes sabe-me a tanto mas tanto e oh, sabe bem ver-te por ali no meu cantinho, és sempre bem-vinda ao sótão para me fazer companhia quando me sinto mais sozinha.
    e ah! gosto muito de ti, pequeninha do tamanho do mundo.

    ResponderEliminar
  7. muito obrigada, querida claire (:

    ResponderEliminar
  8. se sou, sou daquelas que anda sempre com flores na cabeça para quando estiveres triste te oferecer numa e mostrar-te que tu a sorrir consegues ser mais bonita do que elas.

    ResponderEliminar