10 de setembro de 2011

Sabes, sonhar contigo faz-me sentir viva. Faz-me sentir que, embora inconsciente, continua a haver algo em mim que chama por ti. E eu gosto tanto de sonhar contigo, tanto tanto. Não acontece todas as noites, mas quando calha acontecer é sempre tão bonito, tao mágico, tão nosso. E olha, acordo sempre surpreendida com aquilo que a minha mente vai buscar para ti. Hoje sonhei que te levava ao jardim de cá, aquele muito grande cheio de flores e lagos pequeninos. Estava eu e estavas tu atrás de mim seguindo pela minha mão. Foi esta a imagem que me sobressaiu mais em todo o sonho, sabes porque? Porque é algo tão típico meu e agora nosso, é que quando quero mostrar alguma coisa que goste a alguém agarro-a sempre pela mão com força e faço-a percorrer um caminho apressado atrás de mim. E tu estavas entusiasmado, sabes? E gosto tanto de te ver como vi. De sorriso nos lábios e tão pronto para me fazeres rir. Quis mostrar-te tudo o que lá havia, mas lembro-me bem de estar contigo perto do canteiro das orquídeas. Já alguma vez te disse que era essa a minha flor preferida? É que olha, elas estavam tão bonitas, tão tão. Havia as rosas clarinhas, as brancas cheias de vida, as amarelas e até acho que me lembro de imaginar que lá estavam algumas lilás também. Lembro-me também de estarmos junto ao lago principal, sentados no relvado a brincar um com o outro, e de tu me pegares na mão e dizeres que fui o melhor que te aconteceu. Oh, claro que corei. Coro sempre, sempre que me dizes coisas destas bonitas. Lembro-me de estarmos deitados, num sitio quase sem ninguém e de eu pôr a cabeça no teu peito. Sabes que sorrio sempre que o faço? É que gosto muito de ouvir o teu coração bater, assim bem perto do meu. Gosto de sentir que eu trato tão bem dele, que ele já não dispõe de mim. Acho que os nossos corações se completam. É que tenho a sensação que tu sentes o mesmo em relação a mim. Sonhar contigo encheu-me o sorriso e houve quem notasse isso e, sabes, é tão bom ouvir alguém dos nossos dizer : ele faz-te tão bem.

25 comentários:

  1. Sonhar com essa pessoa, é bom, tão bom. Como te entendo. Adorei. Obrigada querida, ainda bem que gostas então <3

    ResponderEliminar
  2. e parece que faz mesmo, mesmo bem :') que texto tão doce!

    ResponderEliminar
  3. está mesmo lindo o texto! adorei :)

    ResponderEliminar
  4. eu também estou a seguir-te:) só li este texto e o anterior mas gostei muito. amanhã ver se dou uma espreitadela mais alongada**

    ResponderEliminar
  5. és tão linda a escrever como escreves!

    ResponderEliminar
  6. eu espero do fundo o coração que ele também sonhe contigo, porque se ele lesse com o coração aberto como o meu está de certo que te pediria em casamento a seguir ao último ponto final *-*

    ResponderEliminar
  7. oh minha querida é tudo verdade, ás vezes temos de dar um desconto, eles ainda estão a tentar identificar-se no mundo, mas acredita, que estas coisas não lhe são em vão, mesmo que eles digam que sim. oh muito obrigada princesa, faço por isso! :)

    ResponderEliminar
  8. que doçura de post, que doçura de blog:) voltarei mais vezes, sem dúvida**

    ResponderEliminar
  9. seria uma honra ver-te por cá mais vezes, tantas quantas as vezes que eu virei aqui ler a tua doce alma - e como é bom ler-te, sabes?:)

    ResponderEliminar
  10. também te sigo, com todo o gosto:)

    ResponderEliminar
  11. um dia recebes uma surpresa, tenho dito :b

    ResponderEliminar
  12. O teu texto esta muito bom, adorei le-lo. Muito bom (:

    ResponderEliminar
  13. super bem escreves tu, eu dou uns toques:)) e não tens de quê querida!

    ResponderEliminar
  14. e eu gosto de ser assim, sabes? somos o que o nosso coração quer que sejamos, sem "mas" nem "porquês"

    ResponderEliminar